06/04/2010

...400 km para isto!

É reconfortante sentir o som da concertina e o chocalhar do compasso pascal, monte acima que ao longe o foguetório anuncia a vinda de um outro tempo que só ali se encontra.

...ouvir o som do cuco que a manhã nos traz!


..sentir a azáfama da Páscoa que se aproxima, o frenesim dos passos a subir escadas acima par poder receber e dar mais ainda!

Que bom é ouvir o silêncio da chuva e deixá-lo encher gota a gota a saudade que a sua memória nos traz. Essa memória que os mais velhos cantam nas estórias de outros tempos e que nos enchem de sabedoria a cada passo do tempo que, ali parece pairar nas brumas...

Que bom é ouvir apenas e somente os nosso passos, por entre paredes que espreitam por entre as janelas...


..enquanto as águas do rio brilham o sol que se põe no infinito, para além do que os nossos sonhos nos transportam.



...é sempre bom voltar a sentir o pisar leve do chão de granito, que nos aquece a memória de letras passadas !

...para o ano tudo será igualmente diferente, mas o sentido esse não se apaga!

3 comentários:

Sofia Carvalho disse...

Mas que lindo, Tony...Gostei deste "documentário" sobre a páscoa cá no norte. Confessa lá que tudo isto tem um sabor diferente visto cá de cima:)

ALFF disse...

É Tony, também gostei muito. Não és grande fotografo mas escreves bem q.b. lol
Nada como o Norte para nos trazer o verdadeiro sabor deste nosso Portugal :)

António Fernandes disse...

...felizes aqueles que contemplam sem se aperceberem da beleza que os ilumina. Feliz aquele que retrata mesmo sem saber a grandiosidade que o interroga!

..apenas ilustro um pedaço da verdade!