16/10/2008

..espelho meu

...se houvesse uma palavra que definisse clara e inequivocamente os últimos dias, as últimas semanas essa palavra seria...tristeza! Não se pode dizer que tenha havido grandes motivos de regojizo, nem um exasperante esgar de felicidade. Algo paira no ar que comprime a boa disposição num redoma hermética. Falta qualquer coisa...mas não sei bem o quê!? Quiçá do Outono, das folhas que morrem no vermelho chão. Nem o som das castanhas que enche a manhã de um fino nevoeiro.

Nada desperta os sentidos...falta qualquer coisa!...se eu tivesse um espelho mágico...

1 comentário:

Ana disse...

Falta tudo!
Falta dinheiro, falta praia e mar (a mim), faltam os amigos que andam todos espalhados e nas suas vidas ocupadas (como a minha), faltam oportunidades, vontades, sonhos e visão de dias melhores. Falta amor, alegria, samba, calor, falta mudança.
Não faltam guerras, não faltam crises, não falta fome e miséria, não faltam doentes e dementes....
Falta tanta coisa.....Não sei se esse espelho resolve, mas como diz a música "Muda de Vida", pode ser que comece por mudar alguma coisa!
É tudo o que falta.
Esta é também a voz do meu eco, como eu também gostaria de um espelho desses.